A Importância do Cinto de Segurança em Viagens Rodoviárias

A Importância do Cinto de Segurança em Viagens Rodoviárias

A Rodosoft Tecnologia destaca para você a Importância do Cinto de Segurança em viagens rodoviárias.

A saber, o uso do cinto de segurança é obrigatório em viagens rodoviárias.

Assim, é possível garantir maior segurança e tranquilidade na sua viagem.

Saiba mais sobre este importante alerta.

O que é o Cinto de Segurança

A importância do uso do cinto de segurança A saber, o cinto de segurança é um dispositivo de proteção para motoristas e passageiros.

Seu principal objetivo é evitar ou diminuir os impactos no caso de acidentes.

O uso deste equipamento tornou-se obrigatório para todos os tipos de veículos de transporte.

Todavia, a legislação permite exceção para motocicletas e para ônibus quando o passageiro necessitar ficar em pé.

Legislação Brasileira sobre o uso do cinto de segurança

O artigo 65 da Lei 9.503 de 23 de setembro de 1997, fala sobre a obrigatoriedade do uso do cinto de segurança conforme o Código de Trânsito Brasileiro:

Art. 65. É obrigatório o uso do cinto de segurança para condutor e passageiros em todas as vias do território nacional, salvo em situações regulamentadas pelo CONTRAN.

Já o artigo 105, inciso I, ratifica a obrigatoriedade do uso do referido dispositivo: Art. 105.

São equipamentos obrigatórios dos veículos, entre outros a serem estabelecidos pelo CONTRAN:

       I – Cinto de segurança, conforme regulamentação específica do CONTRAN, com exceção dos veículos destinados ao transporte de passageiros em percursos em que seja permitido viajar em pé;

Por consequência, o artigo 167 aponta a aplicação de penalidade para os passageiros que não utilizarem o cinto de segurança durante o trajeto:

Art. 167. Deixar o condutor ou passageiro de usar o cinto de segurança, conforme previsto no art. 65:

       Infração – grave;

       Penalidade – multa;

      Medida administrativa – retenção do veículo até colocação do cinto pelo infrator.

Aplicação de Multa

Então, como vimos, a não utilização do cinto de segurança se torna passível de aplicação de multa ao condutor do veículo.

A saber, no Brasil, as multas aplicadas devido a não usar o cinto de segurança são consideradas gravíssimas.

Além do valor devido, o condutor é autuado com o acréscimo de pontos negativos na CNH – Carteira Nacional de Habilitação

Importância do Cinto de Segurança em viagens rodoviárias

Uso do cinto de segurança em viagens rodoviárias Como vimos, o uso do cinto de segurança nas viagens de ônibus também é obrigatória.

Contudo, há exceção apenas para a necessidade de ficar em pé (para descer, para ir ao banheiro ou pegar algo no bagageiro).

Logo, a orientação é sempre evitar levantar do banco enquanto o veículo está percorrendo seu trajeto.

Assim, ficando sentado e usando o cinto de segurança, o passageiro estará mais seguro para o caso de acidente.

De acordo com a ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres – a utilização do cinto de segurança reduz em até 40% os riscos de ferimentos graves e em até 75% o risco de morte, em caso de acidente.

Como o cinto de segurança protege no caso de acidente

Certamente, o passageiro que usa o cinto de segurança fica protegido junto ao banco.

Afinal, em caso de acidente, essa medida evita que o passageiro bata com o corpo e a cabeça no banco da frente ou nas paredes do veículo.

Além disso, o cinto impede que o passageiro seja lançado para fora do ônibus ou dentro do mesmo, evitando assim consequências mais graves.

Pouca abrangência da utilização do cinto nas viagens rodoviárias

Por outro lado, mesmo sabendo da importância e da obrigatoriedade no uso do cinto, ainda são poucos os passageiros que adotam esta prática protetiva.

A saber, a mesma pesquisa da ANIT aponta que apenas 2% dos passageiros de ônibus usam o cinto de segurança em viagens rodoviárias.

De acordo com a Código de Trânsito Brasileiro, o uso do cinto é obrigatório em viagens rodoviárias intermunicipais desde 1999.

O código prevê também que todos os veículos disponibilizem cintos como item de segurança aos passageiros.

Viaje Tranquilo e Seguro

Em suma, use sempre o cinto de segurança em suas viagens.

Fique atento ao acomodar-se na sua poltrona, afivele o cinto de segurança e garanta que você está fazendo sua parte.

Certamente, viajando com a TopPassagens você irá passear tranquilo e seguro!

Viajar sozinho 10 cuidados que você deve ter

Viajar sozinho

Viajar sozinho quem nunca pensou ou até mesmo realizou uma viagem assim? Eis que muitas pessoas se programam para iniciar suas viagens de férias após o período do carnaval e realizar aquele descanso se jogando em um momento bem solitário viajando sozinho.

Isso realmente é muito bacana e pode ser um ótimo encontro consigo mesmo e as aventuras que a vida tem a revelar.

Porém viajar sozinho exige alguns cuidados e precauções e nós preparamos dicas importantes para que sua viagem seja tudo aquilo que você imaginou!

Viajar sozinho – 10 cuidados que você deve ter ao realizar uma viagem só

1. Conheça os riscos

Segurança é viagem planejada. Pesquise bem sobre o destino, lugares de risco, o que deve ser evitado, particularidades. Cada cidade possui suas especificidades. Desvende antes de colocar o pé na estrada!

2. Pesquise tudo na internet

Experiências na Web. A internet tem sido considerada uma grande aliada para planejar viagem. Leia os blogs de viagens e descubra sobre as experiências de viagens de outras pessoas. Há sempre algo que pode ser acrescentado.

3. Escolha bem seu pouso

Escolha a hospedagem cuidadosamente. Boa localização (bairros mais seguros). Albergues são a melhor opção para interagir com outros viajantes sozinhos. Verifique aqueles filiados ao Hostelling International para a sua segurança.

4. Fique atento aos preços

Cuidado com o transporte para o hotel. Informe-se o tempo, custo aproximado do transporte do aeroporto (ou rodoviária) até o seu local de hospedagem. Existem muitos taxistas que adoram dar “voltinhas” com o turista ou cobrar mais caro em vários lugares do mundo. Negocie o preço antes de entrar no transporte (van, taxi).

5. Não mostre a todos que você é turista

Não pareça um turista o tempo todo. Não fique exibindo câmera fotográfica (tire foto e guarde rapidamente), não vista camisas turísticas, não ande com guia nas mãos o tempo todo. Dependendo do destino, isso chama atenção e pode deixar a pessoa vulnerável. Precisou olhar algo no guia? Entre dentro de uma loja, um café, por exemplo.

6. Toda informação nunca é demais

Verifique horários, transportes e prestação de serviços. Antes de colocar o pé para a fora do seu lugar de hospedagem, tenha essas informações. Sem falar que locais de prestações de serviços oficiais (guias, hotéis) podem ser mais seguros. Mais segurança = mais informação.

 

7. Confie, desconfiando

Uma viagem sozinho é uma excelente oportunidade para conhecer pessoas, trocar ideias, mas ninguém precisa compartilhar tudo com quem acabou de conhecer. Quem você acabou de conhecer não é o seu melhor amigo.

8. Medidas de segurança

Pegue o contato da delegacia do turista do destino, carregue cadeado para malas, use o porta dinheiro para carregar o seu dinheiro/cartão e “turistar”. Certifique-se quais medidas devem ser tomadas em caso de perda/roubo do cartão de crédito (antes da viagem). Tenha cuidado com os seus pertences.

9. Segurança nunca é demais

Tenha uma visão sobre os aspectos sociais do destino. Ninguém está dizendo que é preciso ser um cientista social para “turistar” com segurança, mas pode ser crucial saber algumas informações para entender sobre a segurança do local.

10. Confie no seu palpite!

Acredite nos seus pressentimentos (seja sobre alguém ou algum lugar). Você está por você!

Novo Hamburgo a famosa capital dos calçados 👞

Novo Hamburgo é uma cidade do Rio Grande do Sul, localizada a 40 Km de Porto Alegre, na região do Vale do Rio dos Sinos.

Genuinamente habitada por índios carijós, a região de Novo Hamburgo recebeu suas primeiras povoações europeias no século 18. Foi quando imigrantes açorianos ocuparam o local onde hoje fica o bairro Rincão dos Ilhéus. Mais tarde, os alemães também desembarcaram ali, a partir de quando a região começou seu desenvolvimento, tornando-se tempos depois o município de Novo Hamburgo, nome em homenagem à cidade alemã Hamburgo.

Hoje em dia, a maior economia da cidade baseia-se na produção de sapatos, o que já lhe rendeu o título de “Capital dos Calçados” e deu origem a diversas atrações referentes à atividade.

Caracterizada pela intensa produção calçadista, Novo Hamburgo destaca-se, também, por alguns pontos turísticos. Traços da colonização alemã, construções históricas, comércio de calçados a preços módicos, uma bela área rural e, ainda, construções religiosas atraem visitantes à cidade.

As feiras do calçado – Fenac e Fimec – movimentam a economia local todos os anos, trazendo para Novo Hamburgo turistas e empresários do mundo inteiro.

* Turismo Cultural Novo Hamburgo

Além dos rostos, a imigração alemã deixou sua marca em casas, utensílios, ruas e edificações de Novo Hamburgo. Esses imóveis e objetos constituem um rico acervo cultural disponível aos visitantes.

O aspecto cultural aparece principalmente na valorização de nossas origens. O bairro Hamburgo Velho e seu centro histórico é um dos principais exemplos. Apresentações de teatro, cinema, coral, galerias de arte, museu comunitário, dança e folclore são atividades praticadas.

#Museu Casa Schmitt Presser

Novo Hamburgo

Para quem quer se aprofundar, é indispensável uma visita. A edificação trata-se de um autêntico exemplar da arquitetura enxaimel, típica dos primeiros imigrantes alemães. Dentro da casa, é possível observar objetos utilizados pelos primeiros colonos que se estabeleceram por ali. 

#Fundação Ernesto Frederico Scheffel

Localiza-se ao lado da Casa Schmitt Presser. O casarão, construído no final o século 19, abriga em seus três andares mais de 350 obras de Scheffel, entre telas e esculturas. Scheffel reside na Itália atualmente.

#Galeria Leões da Arte

Novo Hamburgo

Bem em frente à Fundação Scheffel, não se pode deixar de conhecer. Com obras clássicas de mestres como Leopoldo Gotuzzo, Ernesto Scheffel, Marciano Schmitz, Flávio Scholles, Carlão, Carôllo, Oscar Crusius, além de outros artistas nacionais e internacionais. 

#Museu do Índio 

Novo Hamburgo

Para quem quer um pouco mais de história. O espaço abriga o acervo dos índios Tikuhna do Alto Solimões.

#Centro Municipal de Cultura Parahim Pinheiro Machado Lustosa

Uma opção para quem quer conferir um bom espetáculo cultural. Ele abriga o Teatro Paschoal Carlos Magno.

#Biblioteca Pública Municipal Machado de Assis

Novo Hamburgo

Outra atração cultural de Novo Hamburgo. A biblioteca fica na Praça da Bandeira, na rua Júlio de Castilhos.

#Espaço Cultural Albano Hartz

Para quem deseja apreciar exposições e estar em contato com a arte e a cultura, localizado no Calçadão Oswaldo Cruz, 112, é uma excelente opção.

#Museu Nacional do Calçado 

Novo Hamburgo

Também é um espaço de destaque. Situado no Campus I do Centro Universitário Feevale. É um espaço que conserva a memória da atividade coureiro-calçadista do país. O museu mantém uma exposição permanente de seu acervo, além de promover atividades culturais ligadas à questão do design de calçado e da moda.

Outros destaques deste tipo de turismo são:

#Monumento ao Imigrante – localizado nas dependências da Sociedade Aliança e construído em homenagem ao centenário da imigração alemã no Estado.

#Monumento da Paz – construído com armas de fogo derretidas e situado na Praça do Imigrante.

#Monumento à Bíblia – situado no Parque Floresta Imperial, representa uma homenagem a universalidade de credos, religiões e correntes religiosas.

#Monumento ao Sapateiro – localizado na rótula que une as Avenidas Nações Unidas e Nicolau Becker com a Rua José do Patrocínio e construído para homenagear uma das profissões que impulsionou a economia local.

A ligação com o tradicionalismo gaúcho também permanece ativa.

* Turismo Comercial

A grande produção calçadista de Novo Hamburgo impulsionou a formação de um nicho específico de mercado na cidade: o de lojas que vendem calçados diretamente ao consumidor por preços mais baratos.

Ora por conta de pequenos defeitos nas peças, ora por vender diretamente da fábrica. A rua Magalhães Calvet, no centro de Novo Hamburgo, reúne em torno de 35 lojas nesse estilo, oferecendo preços baixos e estrutura de estacionamento para os visitantes.

* Turismo rural

Há quem diga que Novo Hamburgo é uma cidade grande, mas que mantém seus ares de interior. Esse pensamento ganha contornos nítidos com uma visitinha ao bairro rural de Lomba Grande.

O visitante que vier a Novo Hamburgo e preferir um programa no campo, tem a opção da Rota Rural em Lomba Grande com pescarias, trilhas ecológicas passeios de bote, carreta de boi, charretes, pôneis, cavalo, locais para esporte, banho de piscina, ordenha de vacas leiteiras, visita a criação de animais, lavoura, pomar, comercialização de produtos coloniais e gastronomia.

Toda esta estrutura está montada em uma série de sítios e balneários do bairro rural. Fora isto, há também a encantadora natureza que embeleza em verde a zona rural. A paisagem é coberta por morros esculturais, uma vegetação surpreendente e cachoeiras espalhadas por todos os cantos do lugar.

Compre sua passagem pela online. Faça a troca do seu voucher na Rodoviária de Porto Alegre e embarque numa viagem de beleza e cultura.

Visite Novo Hamburgo e conheça um pouco mais da história do Rio Grande do Sul. Viaje com a Ouro e Prata : http://www.viacaoouroeprata.com.br/site/

Turismo RS: conheça mais cidades do Rio Grande do Sul AQUI!

Conheça mais cidades do Rio Grande do Sul…

Viajar de ônibus nas férias de verão – 12 dicas especiais para sua viagem

Viajar de ônibus nas férias

Viajar de ônibus nas férias – para evitar stress e correria na hora de realizar aquela tão esperada viagem de férias de verão ou até mesmo de final de semana, é importante ficar atento a essas dicas que vão facilitar sua vida antes de embarcar no “busão” e curtir a paisagem.

Viajar de ônibus nas férias de verão – 12 dicas especiais para sua viagem

1- Comprar e retirar passagem com antecedência.

Isso evita que você fique em filas enormes e se atrase ou perca o ônibus na hora de viajar de ônibus nas férias

Dúvidas frequentes na compra de passagens pela internet – Veja aqui

2- Escolha uma poltrona que não seja próxima ao sanitário.

Uma das principais dicas. Dê preferência para as poltronas mais distantes do banheiro para evitar você ficar um tempão sentindo “vudum” de WC.

Se a viagem é longa é algo inevitável, pois as pessoas vão a algum momento nem que seja fazer o número “1”. Aí pense 40 pessoas fazendo isso… sentar mais pra frente até facilita você descer mais rápido em alguma parada.

3- Faça um check list do que precisa levar.

Esquecer de levar aquele biquíni novo que você comprou para usar nessas férias seria tenso . Então, não custa fazer uma listinha básica para ajudar.

Ainda mais que nessas horas fazemos tudo correndo e coisas assim acabam por acontecer.

4- Leve documento.

imprescindível para você embarcar.

5- Evite pegar trânsito no caminho para rodoviária.

Ou seja, saia mais cedo de casa. Tente fazer um caminho mais alternativo ou até mesmo utilize o transporte coletivo da cidade (ônibus) ou chame um Uber. Afinal, precisamos chegar tranquilos e no horário.

6- Guarde o ticket da bagagem.

Outro ponto importante. Para pegar a mala ao descer do ônibus, normalmente é pedido o canhoto que consta o mesmo número colocado na tua bagagem. Mais fácil de comprovar e saber que aquela mala pertence a você mesmo.

7- Leve um travesseiro e algo para se cobrir.

Esta dica é apropriada pra quem vai para mais longe e gosta de dormir no ônibus.

Ok, estamos no verão, mas pra quem já fez algumas viagens maiores, vai entender. O ar condicionado nunca fica bem regulado, ou você congela ou passa calor. Na dúvida, Não passe frio!

8- Leve coisas leves para comer e água.

Mais uma daquelas pra quem curte ficar bem de boa durante a viagem.

Estar hidratado durante a viagem é muito importante. Acredite que uma garrafa de água e umas barrinhas de cereal já garantem você não passar fome.

9- Revista e livros.

Se vai sozinho é um bom entretenimento e assim o tempo passa mais rápido. Um bom livro é sempre um ótimo companheiro de viagem.

10- Cuidado com o tempo das paradas.

O motorista diz: 30 min para o café ou 1 hora para o almoço. Então, você sai dar uma olhada no jornal ou vai escovar o dente e na volta… cadê o ônibus?

É comum que o motorista retorne ao ônibus e faça a contagem para conferir se está todo mundo lá. E também, é comum que ele espere um atrasado.

Enfim, melhor não arriscar ficar sem transporte e nem ser o “mala” que deixou todo mundo esperando para seguir viagem.

11- Guarde o número do seu ônibus e lembre-se das pessoas.

Acontece das pessoas entrar em outro ônibus parecido com o seu por engano, “não está no script”. O pior que é bem fácil de confundir, pois nas paradas vários ônibus da mesma empresa se encontram.

Para você não ficar se sentindo um peixe fora d’água, procura ver quem sentou perto de você e para onde esta pessoa vai voltar. Ou o mais prático é dar uma olhada na placa do ônibus no qual esta viajando.

12- Tenha paciência.

É, nem tudo é perfeito e imprevistos acontecem, portanto tenha paciência. Não adianta, se o ônibus “quebrar”, se o trânsito estiver sinistro ou alguém roncar do teu lado você ficar estressado, ficar de cara não vai resolver.

Converse, pergunte o que está acontecendo, entenda e tenha em mente que ao chegar ao teu destino, tudo terá valido a pena.

 

Lembre-se: Comunicação é tudo. Não se esqueça de deixar o carregador de celular à mão. Sabe como é whats, fotos e é claro, ligar para dizer que está chegando.

 

Pronto, agora você já se tornou um expert em viajar de ônibus nas férias. Bora lá?

Viajar de ônibus nas férias

Dicas de viagens e viajantes -Top 9

Dicas de viagens

Dicas de viagens: é sempre bom saber alguns truques que vão facilitar sua vida antes, durante e depois do passeio. São coisas simples, que muitas vezes passam despercebidas e que, quando as vemos, já dão aquela impressão de “por que não pensei nisso antes?”.

Bom, agora você já vai saber 9 dicas bacanas que vão mudar sua rotina e evitar o stress, principalmente na hora de viajar e tirar férias, quando o mais importante é descansar e aproveitar.

Dicas de viagens e viajantes – nós separamos 9 dicas que podem facilitar muito sua vida na hora de realizar aquela viagem de férias ou final de semana.

 

1. Use canudos para levar pequenas quantidades de cremes em viagens.

Dicas de viagens

2. Use a mola de uma caneta velha para proteger os fios de carregadores.

Os fios podem estragar facilmente dependendo da maneira como são guardados, então para não danificá-los e poupar seu dinheiro, pegue a mola de uma caneta antiga e coloque o fio entre ela, assim evita maiores estragos durante a viagem e sua rotina.

Dicas de viagens

3. Organize cabos soltos guardando-os em caixas de óculos.

Nem só para guardar os óculos de sol servem as caixinhas. Estes cases são ótimos aliados para organizar cabos fundamentais no dia a dia, que nunca sabemos onde estão ou como iremos guardá-los.

Dicas de viagens

4. Use um prendedor do tipo “binder clip” para proteger as lâminas de barbear.

Dicas de viagens

5. Salve imagens dos seus documentos antes de viajar.

Dicas de viagens

6. Use um porta pílulas para manter as bijuterias organizadas.

Dicas de viagens

7. Uma touca de banho é a melhor forma de embalar os sapatos para colocar na mala.

Essa dica é muito simples, mas pouca gente pensou nisso. As toucas de banho, principalmente as descartáveis, são ótimas para separar e proteger os sapatos do restante das roupas.

Dicas de viagens

8. Para usar o Google Maps offline, digite “OK Maps” e a área visível será salva para acessos futuros.

Dicas de viagens

9. Marque sua mala com uma fita colorida.

Para identificar sua mala mais facilmente no aeroporto, amarre fitas coloridas nela, deixa bem enfeitada, assim será mais fácil identificá-la a qualquer momento, evitando trocas e confusão.

Dicas de viagens