Destinos gastronômicos para curtir o inverno gaúcho

Destinos Gastronômicos para curtir o inverno

Destinos gastronômicos para curtir o inverno gaúcho com estilo.

Certamente, os dias mais frios são um convite para saborear pratos deliciosos.

E a serra gaúcha dispõe de lugares lindos que dispõe de restaurantes e eventos que oferecem o que há de melhor na cultura gastronômica local.

Vem conferir alguns destes destinos gastronômicos para curtir o inverno gaúcho!

Destinos gastronômicos para curtir o inverno gaúcho

Sem dúvida o inverno aguça a vontade de saborear pratos quentes, seja salgado ou doce.

E a região sul do país foi abençoada pela cultura de seus imigrantes que trouxeram na bagagem seus quitutes apetitosos.

Nesse contexto, confira algumas sugestões de pratos a serem apreciados, bem como, onde são oferecidos.

Fondue em Gramado e Canela

Fondue em Gramado e Canela

A saber, as cidades de Gramado e Canela são referências na serra gaúcha quando o cardápio é fondue.

Sem dúvida, os dois municípios já trazem um estilo típico da Suíça, país de origem desse prato delicioso.

Muito procurado no inverno para aquecer, o Fondue tipicamente é servido em muitos restaurantes de Gramado e Canela nas versões de:

  • queijo,
  • carne,
  • chocolate.

Inicialmente, a rodada de queijo oferece a iguaria em uma panela de barro, com os adicionais de pão italiano picado e batatas pequenas com casca.

Já a etapa de carne, é oferecida pelos restaurantes em duas modalidades: em uma panela para fritar as carnes ou em uma chapa de mármore para tostar.

Finalizando, a ‘sobremesa’ vem com o tradicional chocolate derretido em um pote de barro, com frutas picadas a serem mergulhadas no doce.

Alguns locais incluem waffles e marshmallows como opções no fondue de chocolate.

Café Colonial em Vila Flores

A princípio, a origem do Café Colonial teve início na mesa dos agricultores que habitaram a região sul do país.

A saber, em seu café da manhã tradicional, os colonos adicionavam outros pratos para reforçar a refeição.

O Filó na cidade de Vila Flores é um evento que oferece o tradicional Café Colonial aos visitantes.

Além disso, proporciona entretenimento aos visitantes seguindo a cultura dos imigrantes colonos.

Apesar do nome remeter a refeição matinal, esse buffet pode ser degustado em qualquer momento do dia.

Artesanalmente, são produzidos pratos variados para compor uma mesa farta.

Só para ilustrar, um café colonial típico é composto por uma variedade de:

  • Pães caseiros (tipo sovado, francês, de queijo, integral, broa, focaccia, brioche, pães doces;
  • Bolos e Tortas (cuca, bolo de milho e rosca de polvilho).

Além destes, são servidos ingredientes como manteiga, chimia, mel, queijos, presunto, salame, salsicha, linguiça fervida para acompanhar os pães.

Juntamente, bolachas e biscoitos também são ofertados.

Já para acompanhar, as bebidas típicas são leite, café, chocolate quente e até mesmo um bom vinho.

Cuca em Rolante e Santa Cruz do Sul

Tanto a cidade de Rolante quanto Santa Cruz do Sul realizam anualmente a famosa Festa das Cucas.

Na ocasião da festividade é ofertado um cardápio variado de cucas tradicionais e recheadas confeccionadas de forma artesanal.

A saber, a Cuca é um bolo da cultura alemã feito coberto por uma espécie de farofa feita com manteiga e açúcar.

Mas pode receber recheios e coberturas adicionais como frutas (banana, uva, morango, abacaxi) ou cremes (brigadeiro, coco com creme, doce de leite).

Enfim, para quem quer degustar especificamente este item que compõe o Café Colonial, basta visitar as cidades de Rolante e Santa Cruz do Sul, entre outras no sul gaúcho.

La Bela Polenta em Monte Belo do Sul

Quem nunca ouviu e se rendeu aos embalos da música típica italiana: “Quando se pianta la bela polenta, la bela polenta
Se pianta cosi, Se pianta cosi…”

Então, a polenta é mais um prato típico da culinária italiana trazida originalmente pelos imigrantes que vieram para o sul gaúcho.

Só para ilustrar, a polenta típica italiana pode ser degustada nas versões mole, frita ou na chapa, tendo como ingrediente base a farinha de milho.

Nesse ínterim, a cidade de Monte Belo do Sul realiza o famoso Polentaço, que nada mais é do que um evento onde o prato principal é a bela polenta.

A sabe, durante a festa é preparada uma polenta de aproximadamente 800 quilos a se ofertada aos participantes.

Sopa de Capeletti em Garibaldi

A Sopa de Capeletti é uma iguaria trazida para o Rio Grande do Sul através dos imigrantes italianos.

A saber, o Capeletti recebeu este nome devido ao formato de chapéu, que em italiano significa “capello” .

Patrimônio gastronômico da Itália, o Capeletti é uma massa recheada com carne ou frango, cozido com um saldo chamado de brodo.

Dependendo da região, o capeletti também pode ser chamado de Agnolini, porém há indícios de que os agnolinis seriam confeccionados em um formato mais fechado se comparado ao capelleti.

Atualmente há muitos restaurantes que oferecem a Sopa de Capeletti como prato de entrada, mas a cidade de Garibaldi é referência na oferta desta deliciosa sopa.

Destinos gastronômicos para curtir o inverno gaúcho

Hum, deu vontade de comer alguma destas comidas deliciosas?

Ou melhor, faz uma lista para conhecer as cidades gaúchas citadas neste post e saborear estes e outros pratos deliciosos no inverno gaúcho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *