São Gabriel – a terra dos Marechais.

O município de São Gabriel é considerado a “terra dos marechais”.

A saber, a cidade está localizada na região da campanha central do estado do Rio Grande do Sul.

Vamos saber mais sobre São Gabriel?

História de São Gabriel

Primeiramente, com o surgimento das primeiras estancias jesuíticas, no ano de 1750, surgem os primeiros relatos da história de São Gabriel.

Em novembro de 1800 o naturalista espanhol Félix de Azara fundou junto ao Cerro de Batovi, um povoado com o nome de São Gabriel.

Aliás, estes nomes foram dados, supostamente, como forma de homenagem ao vice-rei do prata Gabriel de Avilez y del Fierro.

No ano de 1809, São Gabriel ainda pertencia a Rio Pardo com o nome de distrito Vacacaí.

Todavia, em 1815 foi construída a primeira capela curadora do povoado.

Posteriormente, durante a Revolução Farroupilha, a cidade foi escolhida como sede do governo da Republica Rio-grandense.

Em 13 de janeiro de 1846 o imperador Dom Pedro II visitou a cidade e nesta ocasião foi celebrada a Missa da Igreja do Galo na capela da cidade.

Contudo, apenas no ano de 1846 São Gabriel foi elevada a categoria de cidade.

Atualmente, São Gabriel é conhecida como a Terra dos Marechais, já que neste local nasceram os Marechais:

  • João Propício Menna Barreto;
  • Fábio Patrício de Azambuja.

Também tiveram origem no município o Presidente da República Hermes Rodrigues da Fonseca.

Bem como João Batista Mascarenhas de Moraes, o comandante da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial.

Outros militares gabrielenses também fizeram parte da história nacional, como o Coronel José Plácido de Castro.

Pontos Turísticos

 

Palácio Plácido de Castro

Palácio Plácido de Castro - São Gabriel

A princípio, o Palácio Plácido de Castro foi inaugurado em 15 de novembro de 1922.

Aliás, foi construído em estilo arquitetônico Neoclássico com influência positivista, mantendo o estilo Capitólio.

 

Museu gaúcho da FEB

Museu da FEB de São Gabriel-RS

O museu gaúcho da FEB (Força Expedicionária Brasileira) foi instalado em 1980.

Mais especificamente, no local onde antes dois Estação Férrea de São Gabriel, num edifício construído em 1906.

Com efeito, a estação era o local de encontros entre amigos que lá acompanhavam a passagem dos trem.

Igreja Matriz

O prédio da igreja matriz foi construído pelos primeiros fundadores de São Gabriel.

Logo, sua inauguração aconteceu julho de 1924, permanecendo igual até os dias atuais.

No interior da igreja estão guardados os restos mortais de Monsenhor Henrique Rech, desde dezembro de 1990.

Paróquia do Arcanjo Gabriel

Já a Paróquia do Arcanjo Gabriel foi criada em 1837, sendo a primeira capela que deu origem a cidade recebeu o nome de Arcanjo Gabriel.

Da mesma forma foi a primeira paroquia a ser criada na região da Fronteira.

Capela do Negrinho da Sanga funda

Primordialmente, conta a história que o Negrinho Pantaleão dos Santos, conhecido como Antão, tinha apenas 12 anos quanto fora degolado por um soldado desertor em 1908.

Depois de subjugar o menino num local que gerava medo pelas suas características de riacho ermo com feias barrancas, o soldado tomou-lhe a égua que cavalgava e depois degolou-o, jogando a cabeça para um lado e o corpo para outro.

Nesse local passavam viajantes, que localizaram o cadáver devido ao cheiro exalado.

A capela campestre foi erguida como forma de pagamento de uma promessa feita pelo Sr. Vicente Teixeira no ano de 1948.

Conheça toda a beleza e história da cidade de São Gabriel, adquira AQUI sua passagem.

Prepare a mala e embarque nessa viagem pelo interior do Rio Grande do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *