São Leopoldo o berço da colonização alemã no Brasil – 🇧🇷🇩🇪

São Leopoldo o berço da colonização alemã no Brasil – 🇧🇷🇩🇪
Avalie este post?

São Leopoldo foi fundada em 1824, a cidade é conhecida como o berço da colonização alemã no Brasil. Ela deu origem a toda à região atualmente denominada “Vale do Rio dos Sinos”.

No mês de julho, a cidade entra em festa para celebrar a imigração alemã e o aniversário da cidade. É a maior festa do Vale do Rio dos Sinos. Ela recebe milhares de pessoas e turistas durante o período da festa, com sua gastronomia originaria, diversos shows com artistas e bandas famosas, comércio, artesanatos, parques de diversões, passeios, oficinas, exposições e palestras.

São Leopoldo

Na cidade também há diversos museus, teatros, bibliotecas e sociedades. Um fato curioso relatado no livro da organista e concertista internacional Anne Schneider, informa que São Leopoldo é a cidade do Rio Grande do Sul onde se localiza o maior número de órgãos de tubos do estado. Um barco foi construído para ser uma sala de aula flutuante. Através de um passeio no Rio dos Sinos se conhece a incrível jornada vivida pelos imigrantes alemães que chegaram à cidade navegando pelo rio.

A cidade tem atrativos para todos os gostos. Para quem gosta de cultura, como se diz, é um “prato cheio“. A cultura alemã é um forte atrativo turístico na cidade. Os turistas que passeiam pela cidade encontram casas e prédios antigos que foram construídos pelos imigrantes.

Câmara de Vereadores de São Leopoldo

A Câmara de Vereadores do município é uma destas construções. Junto a Câmara de Vereadores está localizada a Praça do Imigrante.

São Leopoldo

Praça do Imigrante

No centro da praça, que é a mais antiga do município, está o monumento ao Centenário da Imigração Alemã, construído em 1924, em comemoração ao centenário da imigração.

São Leopoldo

Museu do Trem

o Museu do Trem atraí muitos visitantes. A Estação Ferroviária de São Leopoldo foi a primeira a ser construída no estado, iniciada em novembro de 1871.

O Museu foi idealizado pelo ex-prefeito de São Leopoldo, Henrique da Costa Prieto, e inaugurado em 26 de novembro de 1976, sob a responsabilidade do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo que assinou um termo de compromisso com a Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima (R.F.F.S.A.).

O Museu do Trem foi tombado como patrimônio histórico em outubro de 1990. Hoje, em suas dependências, está instalado o Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, que responde pela sua coordenação e funcionamento.

São Leopoldo

São Leopoldo também tem um forte turismo por parte dos religiosos. Romarias chegam de diversos pontos do Rio Grande do Sul para visitar o Santuário Sagrado Coração de Jesus – Padre Réus. No santuário encontra-se o túmulo do Padre João Baptista Reus, local de maior afluência de romeiros. Muitos vêm orar e agradecer por graças concedidas pelo sacerdote que morreu com fama de santidade.

Santuário Sagrado Coração de Jesus

O Santuário foi construído entre os anos de 1958 e 1968. A Fachada da Igreja, de 14m de altura e 32m de largura, apresenta em mosaico, um gigantesco painel apocaliptico de 185 m², um dos maiores do mundo.

São Leopoldo

 

São Leopoldo também tem espaço para o público jovem. Por sediar a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), é considerada uma cidade universitária. Jovens de várias cidades curtem a noite nas danceterias do município. Dentro deste contexto, merecem destaque especial a Rua Independência ou Rua Grande, onde se concentram a maioria destas atividades e o centro comercial da cidade.

 

Turismo RS: conheça mais cidades do Rio Grande do Sul AQUI!

Conheça mais cidades do Rio Grande do Sul…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *