Como levar seu animal de estimação na próxima viagem.

Como levar seu animal de estimação na próxima viagem.
Avalie este post?

Planejar uma viagem é sempre bacana, ainda mais se for viajar com o seu animal de estimação. Por isso decidimos relembrar alguns dos cuidados necessáiros que você precisa ter para fazer uma viagem rodoviária com seu animal de estimação, sem que  ocorram problemas e sustos.

Segundo a Lei Estadual 12.900 de 04 de janeiro de 2008, fica estabelecido que:

  • Apenas tem autorização para o embarque cães e gatos de pequeno e médio porte, pesando no máximo 8kg;
  • Permitido apenas o transporte de 03 animais por viagem, sendo 02 animais domésticos e um cão-guia acompanhado de deficiente visual;
  • O passageiro deve apresentar documento assinado por médico veterinário, atestando boas condições de saúde do animal. Este atestado tem validade de 15 dias e, caso a viagem ultrapasse este tempo, será necessário providenciar outro atestado no local de destino;
  • O passageiro deve apresentar carteira de vacinação do animal atualizada, com vacina antirrábica e polivalente;
  • O transporte deve ser feito em contêiner feito de fibra de vidro ou similar, garantindo as condições de higiene, segurança e conforto do animal, com dimensão máxima de 41 x 36 x 33 cm;
  • O contêiner deverá ficar no assoalho do ônibus, próximo ao passageiro, não ocupando o espaço físico de outras poltronas ou corredor;
  • O contêiner deve estar em boas condições de higiene e, se necessário, nas paradas deve ser feita nova higienização;
  • O animal deve ficar confinado no contêiner ao longo da viagem (exceto nas paradas, quando pode deixar o veículo e o contêiner);
  • Poderá ser cobrada tarifa referente a 50% do valor da passagem para que o animal embarque e o passageiro viaje com o contêiner em seu colo ou seus pés. Para melhor acomodação do animal e do passageiro, é indicado que seja adquirida uma poltrona para acomodar o contêiner do animal;
  • Caso o ônibus disponha de compartimento isolado apropriado, com boas condições de iluminação, ventilação e segurança, os animais podem ser transportados neste espaço;
  • É vedado o transporte de fêmeas grávidas ou no cio, bem como animais que ofereçam risco de qualquer natureza aos seres humanos;
  • Os animais não podem viajar com patas atadas ou outro método que produza sofrimento ou estresse;
  • O animal deverá embarcar obrigatoriamente sedado e permanecer assim durante a viagem, segundo orientação de um médico veterinário;
  • Não é permitido o transporte de animal que por sua espécie, tamanho, ferocidade, peçonha ou saúde, comprometa o conforto e a segurança do veículo, de seus ocupantes ou de terceiros;
  • Apenas será permitido o transporte de aves e animais silvestres com autorização do IBAMA.

Além disso é importante ficar atento para as seguintes questões.

Consulta com o veterinário

A primeira ação a ser tomada quando se decide levar o animal de estimação em uma viagem, é leva-lo ao veterinário, para atestar que o bichinho está em boas condições de saúde e que todas as vacinas estão em dia.

Evitando problemas na viagem

O balanço do ônibus pode causar enjoos nos animais, tanto quanto causa nas pessoas, então para evitar problemas deste gênero, é recomendável alimentar seu animal de estimação com no mínimo três horas antes da viagem e mantê-lo sempre hidratado. Na consulta com o veterinário, você pode solicitar a receita de algum medicamento especifico para enjoos, jamais medique seu animal de estimação sem prescrição medica.

O transporte

O transporte de animais em viagens de ônibus só é permito desde que o animal esteja acomodado dentro da caixa de transporte, conforme legislação. Importante que a caixa de transporte seja no tamanho ideal para seu animal de estimação, que dentro dela ele fique bem alojado, que possa se esticar, ficar em pé e dar uma volta em torno de si.

Aproveitando as paradas

Em viagens mais longas aproveite as paradas que os ônibus fazem para descer com seu animal de estimação, coloque-o em uma coleira e deixe-o sair da caixa, caminhar um pouco, fazer suas necessidades e tomar água. Importante: em hipótese alguma deixe seu animal sozinho dentro do ônibus ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *