5 motivos para passear em Morro Reuter no Rio Grande do Sul

5 motivos para passear em Morro Reuter no RS

5 motivos para passear em Morro Reuter no Rio Grande do Sul

A saber, município gaúcho possui uma área aproximada de 87,6 km².

Os habitantes que nascem em Morro Reuter se chamam morroreutenses.

Localizada em torno da Serra Gaúcha, a cidade possui inúmeras belezas a serem apreciadas durante um passeio.

Saiba mais detalhes sobre a pequena, mas linda Morro Reuter.

História de Morro Reuter

Assim como outras cidades gaúchas, Morro Reuter teria sido habitada inicialmente por povos indígenas.

A princípio, a história de Morro Reuter teria iniciado em meados do ano 1829, chamada de Reutersberg em alemão.

A saber, o ano teve como marco a construção da casa do primeiro morador.

Já em 1872 teria sido montada a primeira Igreja evangélica no local, bem como, a primeira escola.

Há quem diga que o nome do município seria uma homenagem a família Reuter.

Pois teriam fundado uma estalagem, tornando-se referência para parada de tropeiros com suas mercadorias.

Antigamente, o território de Morro Reuter teria pertencido ao município de Dois Irmãos e São Leopoldo.

Todavia, foi emancipado recentemente no ano de 1992.

Localização

De antemão, o município de Morro Reuter pertence a Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre, bem como à Microrregião de Gramado-Canela.

A saber, a cidade de Morro Reuter também integra a famosa Rota Romântica, um trecho composto por lindas paisagens de cidades gaúchas.

Para que toma como ponto de referência a capital Porto Alegre, Morro Reuter fica distante cerca de 65 quilômetros.

Só para ilustrar, a localidade possui limites com as seguintes cidades:

  • Santa Maria do Herval (NE);
  • Sapiranga (SE);
  • Dois Irmão (S);
  • Ivoti (O);
  • Presidente Lucena (O);
  • Picada Café (N).

5 motivos para passear em Morro Reuter no Rio Grande do Sul

Surpreendentemente, a pequena Morro Reuter reserva muitos atrativos para os visitantes que passeio pelo local.

Além de belas paisagens naturais, Morro Reuter também reserva uma bagagem histórica com construções antigas.

Veja 5 locais interessantes para motivar a sua ída a Morro Reuter:

Belvedere

Para quem está chegando à cidade, logo ao passar o trevo de acesso, irá encontrar o mirante Belvedere.

Aproximadamente no KM 218, entre o limite de Morro Reuter e Dois Irmãos, o Belvedere proporciona uma vista privilegiada da região do Vale do Sinos.

Sem dúvida, um lindo lugar para apreciar a natureza e registrar muitas fotos.

Morro da Embratel (Felskopf)

Logo depois da entrada na cidade, cerca de 2 quilômetros, há outro mirante que exige uma parada.

Localizado “Morro da Embratel”, ficou conhecido desta forma, porém atualmente foi identificado como Morro Felskopf.

Curiosamente, o novo nome teria sido dado ao local com intuito de dissociar o ponto a marca da companhia citada.

Só para ilustrar, o mirante fica elevado a cerca de 700 metros acima do nível do mar.

Já vista panorâmica permite vislumbrar lindas paisagens da região.

Obelisco de Livros

O monumento Obelisco de Livros está localizado na entrada da cidade, especificamente na BR116, no Km 216.

Definitivamente é considerado o cartão postal de Morro Reuter, cercado uma pequena praça decorada lindamente com flores..

De antemão, a obra possui 10 metros de altura, representando literalmente uma pilha de 72 livros.

Curiosamente, tal fato teria como motivo simbolizar o título da cidade: 2º município com maior índice de alfabetização do país.

Praça José Paulo Sabá Meyrer

Mais outro ponto de para obrigatória é a praça José Paulo Sabá Meyer.

Para ilustrar, fica no centro da cidade, o ponto era núcleo da antiga vila fundada por imigrantes.

Lindamente jardinada, a praça, bem como, as ruas ao redor propiciam um passeio e descanso em meio a natureza.

Para quem tiver interesse, a Praça José Paulo Sabá Meyrer fica na rua independência esquina com Rua Quinze de Novembro.

Armazém Kieling

Já o Armazém Kieling traz mais do que simplesmente um local a ser apreciado.

A saber, o prédio foi construído há mais de 120 anos, com antigo estilo Enxaimel.

Atualmente, o local ainda é caracterizado como estabelecimento comercial da colônia alemã como foi instituído no início de sua construção.

A saber, o local serve de ponto de encontro para a comunidade local.

Em detalhe, os moradores costumam ouvir músicas típicas, além de praticar jogos típicos da cultura alemã.

Motivos para visitar Morro Reuter no Rio Grande do Sul

Certamente, Morro Reuter tem outros muitos atrativos para os visitantes.

Por exemplo, as Igrejas São Pedro e São Paulo e São José do Herval também são lindos locais a serem apreciados, além da Igreja Matriz Imaculada Conceição.

Ainda em tempo, a cidade dispõe de restaurantes e paradouros que oferecem a gastronomia típica local, como por exemplo, um gostoso Café Colonial.

Enfim, o que não falta são atrativos para passear em Morro Reuter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *