Viajar sozinho 10 cuidados que você deve ter

Viajar sozinho
Viajar sozinho 10 cuidados que você deve ter
Avalie este post?

Viajar sozinho quem nunca pensou ou até mesmo realizou uma viagem assim? Eis que muitas pessoas se programam para iniciar suas viagens de férias após o período do carnaval e realizar aquele descanso se jogando em um momento bem solitário viajando sozinho.

Isso realmente é muito bacana e pode ser um ótimo encontro consigo mesmo e as aventuras que a vida tem a revelar.

Porém viajar sozinho exige alguns cuidados e precauções e nós preparamos dicas importantes para que sua viagem seja tudo aquilo que você imaginou!

Viajar sozinho – 10 cuidados que você deve ter ao realizar uma viagem só

1. Conheça os riscos

Segurança é viagem planejada. Pesquise bem sobre o destino, lugares de risco, o que deve ser evitado, particularidades. Cada cidade possui suas especificidades. Desvende antes de colocar o pé na estrada!

2. Pesquise tudo na internet

Experiências na Web. A internet tem sido considerada uma grande aliada para planejar viagem. Leia os blogs de viagens e descubra sobre as experiências de viagens de outras pessoas. Há sempre algo que pode ser acrescentado.

3. Escolha bem seu pouso

Escolha a hospedagem cuidadosamente. Boa localização (bairros mais seguros). Albergues são a melhor opção para interagir com outros viajantes sozinhos. Verifique aqueles filiados ao Hostelling International para a sua segurança.

4. Fique atento aos preços

Cuidado com o transporte para o hotel. Informe-se o tempo, custo aproximado do transporte do aeroporto (ou rodoviária) até o seu local de hospedagem. Existem muitos taxistas que adoram dar “voltinhas” com o turista ou cobrar mais caro em vários lugares do mundo. Negocie o preço antes de entrar no transporte (van, taxi).

5. Não mostre a todos que você é turista

Não pareça um turista o tempo todo. Não fique exibindo câmera fotográfica (tire foto e guarde rapidamente), não vista camisas turísticas, não ande com guia nas mãos o tempo todo. Dependendo do destino, isso chama atenção e pode deixar a pessoa vulnerável. Precisou olhar algo no guia? Entre dentro de uma loja, um café, por exemplo.

6. Toda informação nunca é demais

Verifique horários, transportes e prestação de serviços. Antes de colocar o pé para a fora do seu lugar de hospedagem, tenha essas informações. Sem falar que locais de prestações de serviços oficiais (guias, hotéis) podem ser mais seguros. Mais segurança = mais informação.

 

7. Confie, desconfiando

Uma viagem sozinho é uma excelente oportunidade para conhecer pessoas, trocar ideias, mas ninguém precisa compartilhar tudo com quem acabou de conhecer. Quem você acabou de conhecer não é o seu melhor amigo.

8. Medidas de segurança

Pegue o contato da delegacia do turista do destino, carregue cadeado para malas, use o porta dinheiro para carregar o seu dinheiro/cartão e “turistar”. Certifique-se quais medidas devem ser tomadas em caso de perda/roubo do cartão de crédito (antes da viagem). Tenha cuidado com os seus pertences.

9. Segurança nunca é demais

Tenha uma visão sobre os aspectos sociais do destino. Ninguém está dizendo que é preciso ser um cientista social para “turistar” com segurança, mas pode ser crucial saber algumas informações para entender sobre a segurança do local.

10. Confie no seu palpite!

Acredite nos seus pressentimentos (seja sobre alguém ou algum lugar). Você está por você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *