Rio Grande- a cidade mais antiga do Rio Grande do Sul

Rio Grande- a cidade mais antiga do Rio Grande do Sul
Avalie este post?

A cidade de rio Grande está localizada no extremo sul do estado do Rio grande do Sul, distante 320 k da capital Porto Alegre.

Seus primeiros habitantes eram os índios minuanos e carijóis, A chegada dos primeiros habitante europeu a região deu-se devido ao sua localização geográfica estratégica com o envio do Brigadeiro José da Silva Paes, como uma expedição militar portuguesa com o objetivo de garantir a posse destas terras, em 19 de fevereiro de 1737 foi fundado o Forte Jesus Maria José, que constituiu o núcleo da colônia de “Rio Grande de São Pedro”, fundada oficialmente em maio do mesmo ano, com isso deu-se os primeiros passos para a colonização do território do extremo sul do  Brasil, que constituiu o núcleo da colônia de “Rio Grande de São Pedro”, fundada oficialmente em maio do mesmo ano. O termo “Rio Grande” é uma alusão à desembocadura da Lagoa dos Patos no Oceano Atlântico, e a origem do nome do próprio estado e nascendo o que que hoje conhecemos como Estado do Rio Grande do Sul. Devido ao território arenoso e o vento sempre presente, os moradores da região ficaram conhecidos como Papareia.

No ano de 1763 o povoado foi dominado pelos espanhóis insatisfeitos por acreditarem que o território lhes pertencia, a guarda portuguesa não suportou a carga desferia pelos espanhóis e fugiu para o outro lado o canal, estabelecendo-se em São José do Norte. O domínio espanhol durou 13 anos e não trouxe nenhum benefício para o município.

Em 1835 a Vila do Rio Grande de São Pedro, foi elevada à condição de Cidade do Rio Grande. Durante a Revolução Farroupilha a cidade retornou à condição de Capital da província, devido a transferência da Sede do Governo Imperial de Porto Alegre para a cidade.

A cidade do Rio Grande é a mais antiga do estado e guarda em suas ruas e avenidas belíssimos prédios e monumento, que guardam traços da arquitetura portuguesa.

 

Antigo Quartel General

Construído me estilo eclético para abrigar o Comando de Guarnição e Fronteira do exército, implantado estrategicamente no centro da cidade, destaca-se na paisagem urbana pela beleza da sua fachada, onde podem ser vistos símbolos de armas e serviço do exército.

 Catedral de São Pedro

Construída em estilo barroco colonial português foi inaugurada em 1755 sendo a igreja mais antiga do estado do Rio grande do Sul, foi tombada em 1938 em seu interior encontram-se inúmeras relíquias da arte sacra dos séculos XVIII e XIX

Docas do Mercado

Localizada no centro histórico da cidade, está integrada ao cais municipal e tem esse nome por servir principalmente ao Mercado Público, nela atracavam barcos que vem das Ilhas do Marinheiro, da Torotama e do Leonidio. Junto à doca foi construída a chamada banca do peixe com cobertura de telhas coloniais sustentada por colunas da ordem toscana e com algumas argolas para esticar as lonas que protegiam o pescado dos raios do sol.

Estação ecológica do Taim

Localizada no extremo sul do brasil, foi criada em 1979 e ocupa uma área de 34mil hectares, e tem por finalidade a preservação de um grande viveiro natural de animais e vegetais distribuídos em banhados, campos, lagoas, praias arenosas e dunas litorâneas, possui fauna e flora abundantes. O Taim é um importante berçário das aves migratórias. Algumas viajam milhares de quilômetros, provenientes da região Ártica ou Antártida.

Igreja Nossa senhora do Carmo

Em estilo neogótico, foi inaugurada em 22 de abril de 1938, pertencendo a ordem dos Carmelitas Descalças é um dos maus belos templos do estado. Em sua fachada pode-se admirar vitrais, três portas ogivais, e delicados rendilhados e nervuras.

 

Devido a sua infinita ligação com o mar, a cidade do Rio Grande  ficou conhecida como a noiva do mar, além a cidade possui um grande número de museus, como já falamos aqui (http://www.rodosoft.com.br/dicas/dia-internacional-dos-museus/)

Adquira já sua passagem para a cidade de Rio Grande e conheça o berço do estado do Rio Grande do Sul, compre sua passagem online pelo  site da Planalto (http://www.planalto.com.br/site/ ) ou pela DATC (http://www.datcriogrande.net.br/ )

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *