Sapiranga a cidade das rosas

Originalmente distrito da cidade de São Leopoldo, Sapiranga teve os imigrantes alemães como os primeiros colonizadores da região.  A cultura alemã na agricultura, culinária, indústria e comercio são marcas que a cidade de Sapiranga  mantém até os dias atuais.

Durante muito tempo a língua alemã foi mais usada na cidade do que o próprio português, isto devido as gerações mais antigas que não falavam, nem entendiam o português, isto levou as escolas da região a ensinar o alemão como uma segunda língua.

A também foi cidade é marcada pelo episódio conhecido como “ OS Muckers”. Este foi um dos momentos mais conturbados da história de Sapiranga, quando no final do século XIX, Jacobina Mentz e seu marido João Maurer fundaram uma seita religiosa sediada no Morro Ferrabráz, sob o nome de “Muckers” (em alemão significa falso santo). Jacobina sofria de ataques epiléticos, isto fazia com que ela fosse vista como vítima de um transtorno nervoso, agravados por leituras de natureza religiosa. João Maurer realizava curandeirismo, e era auxiliado por sua esposa Jacobina que aos poucos foi misturando a religião no atendimento dos doentes, o que a tornou famosa por suas meditações milagrosas. Habitantes da região realizaram um abaixo-assinado buscando uma posição da imprensa local da época, contra Jacobina. Com isto surgiram diversos conflitos entre os grupos contra e a favor de Jacobina, o que acarretou em violência e morte, porém em agosto de 1874 um traidor chamado Pedro Serrani, levou as forças policiais até o esconderijo de Jacobina que foi morta junto com a maioria dos Muckers

Sapiranga emancipou-se em 28 de fevereiro de 1955. E tem como um dos seus símbolos as rosas, o que a tornou conhecida como a “Cidade das Rosas”.

Festa das Rosas

Sua primeira realização foi no ano de 1966, e hoje é realizada anualmente no Parque Municipal do Imigrante. A festa conta com a escolha de uma rainha e duas princesas, símbolos de beleza da cidade e receptoras dos visitantes da festa. A rosa é a atração principal e é encontrada em todos os lugares da festa para tornar especial o principal evento do município.

Balneários

A município de Sapiranga é banhado pela bacia do Rio Feitoria, contando com várias cataratas e cachoeiras em seu território, como também com diversos balneários que se tornaram pontos turísticos da cidade como a Cascata dos Deberofsk

Morro Ferrabraz

Formado por rochas de origem vulcânica e sedimentar o morro tem 779 metros de altura e se localiza na região norte da cidade. Um dos principais pontos turísticos da cidade, muito utilizado na pratica do voo livre, e moutain bike, do seu ponto mais alto é possível ter uma vista única e magnifica da cidade de Sapiranga.

Caminhos de Jacobina

O caminho de jacobina foi criado para que as pessoas pudessem conhecer mais sobre o episódio dos Muckers, no seu roteiro estão o cemitério que mantem túmulos de quatro moradores da região, mortos nos conflitos do episódio. Entretanto não há no lugar túmulos dos Muckers, estes foram enterrados em valas e cobertos com espessa camada de sal para que seus corpos se decompusessem o mais rapidamente possível. Portanto não existe Mucker enterrado nos cemitérios de Sapiranga, pois não eram considerados santos e merecedores de tal honraria. Além do cemitério encantaram-se no caminho de Jacobina a Estátua de Cel. Genuíno Sampaio, a Cruz de Jacobina erguida no começo do século XIX, no local onde acreditasse que Jacobina tenha sido assassinada.

Compre sua passagem online: http://www.citral.tur.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *