Descubra um pouco mais sobre a cidade de Jaguarão

Descubra um pouco mais sobre a cidade de Jaguarão
Avalie este post?

O município de Jaguarão localiza-se no extremo sul do Rio Grande do Sul, fazendo fronteira com o Uruguai.
A cidade teve sua origem no ano de 1802 a partir de um acampamento militar fundado às margens do Rio Jaguarão, pelo tenente-coronel Manuel Marques de Souza. No mesmo ano foi erguida a primeira “Casa da Residência” que tinha por objetivo abrigar os comandantes locais.
No ano de 1812, o povoado foi elevado à categoria de Freguesia do Espirito Santo de Jaguarão, com o esboço das suas primeiras vias de circulação, a ampliação de terremos destinados a moradia, cultivo agrícola, criação de animais e comércio.
Em 1855, Jaguarão foi elevada à categoria de cidade, sendo no ano de 1865 invadida por cerca de 1500 orientais “Blancos”, embora mesmo com número reduzido, as forças militares de Jaguarão compostas aproximadamente por 500 praças com auxílio de canhões, resistiram e fizeram com que os uruguaios se retirassem.
A cidade de Jaguarão é conhecida por sua arquitetura eclética marcante no centro da cidade, adornadas por portas em estilo artesanal português.

Ruínas da Enfermaria Militar
Construída entre os anos 1880 e 1883, no alto do Cerro da Pólvora, o prédio serviu como posto de vigia da fronteira nacional, por oferecer uma observação privilegiada do território vizinho, o Uruguai. Usada também como prisão política, após a década de 70 sofreu com o abandono e a deterioração, porém nos próximos anos, após um processo de restauro deve ser instalado do local o Centro de Interpretação do Pampa.

Ponte Internacional Mauá
Inaugurada em 1930, sua construção contou com a participação de mais de 6.000 operários de diversas nacionalidades, sendo a primeira obra de infraestrutura construída em parceria pelos países vizinhos Brasil e Uruguai. A ponte foi tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e reconhecida como Patrimônio Cultural pelos países do Mercosul.

Rua das Portas
As casas da Rua XV de Novembro, são um atrativo a mais, na cidade de Jaguarão, destacando-se pela beleza de suas portas entalhadas à mão, em madeira nobre.

Igreja Matriz do Divino Espírito Santo
Sua construção teve início no ano de 1847 sendo concluída somente em 1875, sendo um dos raros templos católicos na região que conservam suas linhas gerais originais, em seu interior e exterior o que lhe confere uma grande importância histórica. A igreja possui altares de madeira esculpidos à mão, belíssimos vitrais e um parlatório em mármore de carrara.

Teatro Esperança
O teatro foi construído em 1887, sendo inaugurado anos depois como uma das maiores casas de espetáculos da região, recebendo apresentações de grandes companhias nacionais e internacionais. O teatro possui uma excelente acústica e em seus bastidores pode-se movimentar mais de 8 cenários.

Programe sua viagem e conheça toda a beleza histórica da cidade Jaguarão, compre sua passagem aqui http://www.frederes.com.br/ e boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *