Passo Fundo, o pouso seguro do RS Colonial

A maior cidade da região norte do estado do Rio Grande do Sul, Passo Fundo foi desde seu surgimento um pouso seguro no caminho dos indígenas, religiosos, bandeirante e tropeiros que percorriam a região durante o período do Brasil Colonial.
Foi no século de XIX, no ano de 1827, que O cabo Manoel José das Neves iniciou um povoado com poucas moradias, uma capela católica e um cemitério, implantando na região uma fazenda de criação de gado. Por estar na trilha dos tropeiros que percorriam a região o povoado teve seu comércio fomentado e atraindo novos residentes e forasteiros que se juntaram aos moradores locais.
No ano de 1857, a cidade emancipou. Com o passar dos anos estendeu seu território devido a ligação ferroviária com Santa maria, conectando-se também, através dos trilhos com São Paulo, o que resultou na aceleração do seu processo de urbanização e crescimento.
Toda sua história e belezas naturais podem ser visitas em inúmeros pontos turísticos espalhados pela cidade:

• Praça do Teixeirinha
Na praça se encontra o monumento em homenagem ao conhecido cancioneiro gaúcho tradicionalista Victor Mateus Teixeira, o Teixeirinha.

• Parque da Gare
O Parque da Gare é formado por um conjunto arquitetônico que relembra o local por onde passava o trem, nos primórdios da cidade. Conta com espaços de lazer, prática esportiva e exposições culturais.

• Praça Marechal Floriano
A principal praça do município é cartão postal da cidade. Local bastante arborizado, nela encontra-se a ‘Cuia de Passo Fundo’, símbolo oficial da cidade.

• Sétimo Céu
Belvedere localizada no bairro Petrópolis. Do local se tem uma vista completa da cidade. Inúmeras pessoas sobem ao local para apreciar o pôr-do-sol.

• Capela de São Miguel Arcanjo
Fundada em 1835. Segundo a lenda da região, dois escravos que voltavam de uma guerra da Província encontraram a estatueta do Arcanjo Miguel à beira de uma lagoa e, ao regressarem, ergueram uma capela em pau a pique e telhado de capim. Desde então acontece a tradicional Festa de São Miguel.

• Teatro Municipal Múcio de Castro
Antigo prédio da Câmara de Vereadores. Com capacidade para 208 pessoas, o teatro é palco de peças teatrais e exposições, entre outras atividades culturais.

• Museu Histórico Regional
Criado em 1977 por decreto Municipal, tem por objetivo a preservação e difusão da memória, acervo e patrimônio histórico-cultural da região, divulgada através de exposições temáticas e temporárias.

• Museu do Imigrante Leonardo Da Vinci
Pertencente ao Centro Italiano di Beneficenza e Assistenza Leonardo da Vinci. O espaço foi oficializado há três anos e reúne peças doadas por famílias de imigrantes, como também por brasileiros.

• Museu Paixão Côrtes
Possui um acervo de indumentárias e objetos que contam a história do gaúcho através dos tempos, doadas pelo tradicionalista que dá nome ao museu.

Conheça Passo Fundo, compre sua passagem aqui e desfrute de toda a beleza e aconchego que a cidade oferece.
http://www.unesul.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *