Ecoturismo e cinco destinos para você descansar

Ecoturismo e cinco destinos para você descansar
Avalie este post?

Sol, calor, praias e agitação são os preferidos nesta época do ano, porém muita gente prefere fugir para lugares mais tranquilos, em meio a natureza, disfrutando de cachoeiras, florestas, montanhas e atividades ao ar livre, como caminhadas e trilhas.

Uma boa pedida são os destinos especializados em ecoturismo, uma atividade que tem crescido cada vez mais no pais. O estado do Rio grande do Sul tem uma geografia propicia para este tipo de turismo, oferecendo aos viajantes lugares de beleza única, com cânions, cachoeiras e matas preservadas, ideais para quem pretende tirar uma folga das cidades repletas de concreto e desfrutar da paz e sossego que só a natureza oferece. E foi pensando nisso que reunimos aqui os cinco principais destinos para quem pretende aproveitar o melhor do ecoturismo gaúcho.

Candelária

A cidade apresenta pontos turísticos de expressão, destacando o Morro Botucaraí, a Ponte do Império, o Aqueduto. O Morro Botucaraí, considerado um dos morros isolados mais altos do Estado, com uma altitude de 569,63 metros em relação ao nível do mar. Sua história é repleta de componentes místicos e lendas. O morro era chamado pelos tupi-guaranis de ybyty-caray, que quer dizer monte santo. Antigamente, ganhou fama um monge que dizia curar doentes usando a fé e propriedades medicinais da flora do Botucaraí, além da água cristalina e pura que lá vertia.

 

Cambará do Sul

Um dos mais belos cartões postais do estado do Rio Grande do Sul, Cambará do Sul presenteia os visitantes com paisagens e cânions de uma beleza ímpar

A grande atração da região, o cânion é o mais famoso, como também um dos mais belos. Suas paredes medem 5,8 km de extensão, 720 metros de profundidade e 600 metros de largura. Seu nome é de origem tupi-guarani e significa “ita = pedra” e “aimbé = cortada”, ou seja, pedra cortada. O Cânion do Itaimbezinho fica no Parque Nacional de Aparatos da Serra.

 

Canela

Belas paisagens serranas são o que não faltam. Como a Cascata do Caracol, formada pelo arroio que possui o mesmo nome, está é uma queda d’água de 131 metros, por meio a uma linda formação de rochas, formando um quadro natural de rara beleza. No local também existe uma escadaria de 927 degraus que conduz até a base da cascata. Já o Parque da Ferradura é o lugar perfeito para quem procura interagir com a natureza. Neste local você pode escalar as paredes do canyon e visitar a cascata do Arroio Caçador.

 

São Francisco de Paula

Conhecida como a Cidade das Aguas, uma das grandes atrações de São Chico é a Cascata da Ronda, um conjunto formado por 5 quedas d’água e com uma extensão de 4,5 quilômetros e de uma beleza deslumbrante. O acesso até ela é feito por uma trilha que atravessa a mata nativa.

 

Três coroas

Conhecida como a Cidade verde, Três Coroas está localizada no Vale do Paranhana, no estado do Rio Grande do Sul. Banhada pelas águas do Rio Paranhana e rodeada de montanhas que ainda guardam mata nativa preservada, oferecendo aos seus visitantes lugares incríveis como o Parque das Laranjeiras, que oferece infraestrutura completa para camping e lazer, um dos lugares preferidos para quem procura descanso e contato com a natureza. Localizado a 15km do centro da cidade, o parque oferece atividades como rafting e trilhas ecológicas. Além disso os Decks do Rio Paranhana
construídos junto às margens do Rio Paranhana, possibilitam aos visitantes observar e contemplar a imagem que se tornou símbolo da cidade: as corredeiras de águas cristalinas do rio inquieto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *